sábado, 15 de agosto de 2009

ACADÊMICO DA APL HOMENAGEIA PLANALTINA PELOS SEUS 150 ANOS

O professor e escritor Joésio Menezes, titular da Cadeira XXVII da Academia Planaltinense de Letras - APL, lança livro contando a história de Planaltina. Ele faz um apanhado dos principais fatos históricos da cidade e os conta em Cordel, gênero poético típico da região em que nasceu, o Nordeste.

Para publicar o livreto intitulado Planaltina em 150 Versos (alusivo aos 150 anos da cidade, que será comemorado no próximo dia 19), o poeta contou com a colaboração de alguns comerciantes locais (Clips Papelaria, Bocayuva Tintas, Agronegócio Pássaros e Aves Exóticos – Canil e Hospedagem e Morata Imobiliária) que acharam válido o projeto e apostaram na proposta do escritor: distribuir os livros gratuitamente nas escolas de Planaltina.

Inicialmente, o escritor Joésio Menezes havia preparado um livro de crônicas (Páginas Planaltinenses – Histórias que ninguém ousou contar), por meio do qual conta as aventuras e desventuras de algumas personagens que ele conheceu ao longo dos 38 anos residindo em Planaltina, porém a falta de recursos o impediu de publicá-lo e lançá-lo por agora. Mas como achava que estava devendo uma homenagem á cidade que o acolheu quando da sua chegada a Brasília, Joésio resolveu, então, homenageá-la com o cordel Planaltina em 150 Versos, a maneira mais prática, fácil e descontraída que o poeta encontrou para contar e cantar a história da sua cidade.

Nenhum comentário: