domingo, 8 de janeiro de 2012

PLANALTINA-DF é homenageada pelo escritor XIKO MENDES.

A Cidade Onde Moro

                                   Xiko Mendes**

Pacata: Síntese de campo e cidade;
Limite entre o Passado e o Presente;
Antítese idílica da Pós-modernidade.
Nasceu antes da Utopia Candanga,
Atravessou o Tempo... e a Saudade (!)
Louvando as Tradições de quem anda
Tecendo histórias no Templo das Idades.
Incorporou-se ao norte do Distrito Federal.
Nele tornando-se a Terra – Mãe de BRASÍLIA,
A “consciência pré-histórica” desta Epopéia(J)-Kapital,
Desenvolvimentista, lucioscariana, Cosmópolis-Ilha (?),
Faraônica, “mono-mentalizada” no Planalto Central!!


(**)Poema transcrito do livro “Celebração de um Momento Único”, edição de 2003, autoria do Prof. Xiko Mendes.

Um comentário:

Fernando Mata Grande disse...

Muito bom. Lúcido e oculto.