quarta-feira, 6 de setembro de 2017

APLAC - POESIA - XIKO MENDES

ACADÊMICO NÃO É IMORTAL

                                                            Xiko Mendes

Entre Logos e Demiurgo,
Vasculho nas entranhas do meu silêncio,
A Alma do Mundo.
Nele encontro Deus, sozinho,
Com o último Livro da Terra,
Proferindo o último discurso
Na véspera do Apocalipse:
"Salvem as Academias de Letras, Artes e Ciências!
Mas... Antes, deixemos no Exílio das Vaidades,
Os ditos Imor/ta/is sem Obras Imortalizadas".


Nenhum comentário: